menopausa_sintomasVocê sabia que a menopausa pode dificultar no controle da diabetes? Em muitos casos ela é a apontada como a principal vilã para o desenvolvimento da doença. Não atoa que ano após ano aumenta sua incidência da diabetes entre as mulheres na faixa dos 40 a 50 anos. Claro, existem diversos meios para diminuir o impacto hormonal e controlar os níveis de glicose no sangue. Uma dieta equilibrada, exercícios físicos e os próprios remédios para diabetes poderão te ajudar nessa jornada.

Entenda como a menopausa pode se tornar um fator de risco para as mulheres e confira algumas dicas para ajudar no controle do açúcar no organismo de forma natural.

Diabetes e Menopausa

A chegada da menopausa nunca é algo agradável. Na maioria das mulheres o incomodo passa a ser algo realmente difícil de suportar. A sensação de calor, a perda do libido, a irritabilidade e a desmotivação na área profissional são apenas a ponta do iceberg.

A menopausa é encarada como uma fase de transição, tornando-a responsável pela interrupção dos hormônios femininos e colocando um ponto final nos ciclos menstruais. Esse bloqueio na produção dos hormônios deve ser encarado como uma forma de atenção para a saúde feminina, principalmente para aquelas que são diagnosticadas com a diabetes.

Toda a preocupação gira em torno do aumento de peso na fase da menopausa, o motivo é que nesse período ocorre uma drastica redução metabólica, deixando o organismo mais preguiçoso e com grandes dificuldades para queimar calorias.

O risco passa longe de ser algo apenas estético. Sabemos que o sobrepeso é um fator crítico para desenvolver alguns tipos de doenças ligadas a hiperglicemia e o colesterol. Além disso, o estrógeno e progesterona (hormônios que sofrem inibição na menopausa) ajudam a manter o controle de insulina estável, regulando os níveis de açúcar no sangue. Por isso, mulheres com diabetes tipo 1 ou 2, precisarão readaptar suas doses dos medicamentos e readequar sua rotina para conseguir conviver ou evitar a doença.

Dicas

A palavra é “controle”. Em todas as etapas da vida, o monitoramento do organismo deve ser medido religiosamente, afim de evitar enfermidades ou simplesmente conter alguns sintomas. Na menopausa, este procedimento deve ser levado ainda mais a sério. Meça periodicamente a taxa de glicemia e inclua na rotina os exames laboratoriais.

Outro ponto importante para controlar a diabetes na menopausa, é trabalhar os hábitos alimentares e iniciar algumas atividades físicas.

Selecionamos 4 dicas para você controlar/prevenir a diabetes, além de ser excelentes praticas para melhorar o funcionamento do organismo, cérebro e melhorar a circulação.

Atividade física

Evite o sedentarismo. Pratique atividade físicas pelo menos 3 vezes por semana. Opte por exercícios que acelerem o metabolismo, como por exemplo: caminhadas, natação, hidroginástica, pilates e corridas.

Peso ideal

Ligado com a dica anterior, o controle do peso é algo essencial para não correr riscos com a diabetes. Invista em uma rotina de exercícios e uma dieta saudável.

Evite açúcar e gordura

Tudo que é proibido é mais gostoso. No entento você precisará ficar longe de doces e frituras, pois quando a mulher entra na menopausa o metabolismo desacelera, o que acaba facilitando o acumulo de gordura e gerando uns quilos a mais. Com a falta de alguns hormônios fica ainda mais difícil de controlar a diabetes através da insulina produzida pelo organismo, portanto evite consumir muito açúcar, óleo, comida processada e comida congelada.

Inclua fibras e soja

Alimentos integrais, sementes (linhaça, chia) e nutrientes presente nas cascas de algumas frutas sempre são boas opções para controlar a diabetes de forma natural. As fibras presentes no arroz integral e em alguns tipos de massa são benéficas para a saúde. Elas irão regular a absorção dos açúcares e acelerar o trânsito intestinal.

Já no caso da soja, os grãos são ricos em isoflavonas, substâncias que atuam como uma forma de repor os hormônios que diminuem na menopausa. Então, esse tipo de alimento diminui a os sintomas da menopausa e ainda ajuda na prevenção da diabetes e das doenças cardiovasculares.

Veja também: 18 Alimentos que ajudam no controle da diabetes

Comentários